INVENTÁRIO

21.09.2017

O Inventário é um procedimento pelo qual se dá destino aos bens, direitos e obrigações deixadas por uma pessoa falecida, entidade ou comunidade. Através deste são avaliados, enumerados e divididos os bens do falecido. A partir disso, consequentemente acontece à partilha dos bens entre os herdeiros, que poderá ser na forma judicial ou extrajudicial.

 

O Inventário extrajudicial ocorre de forma mais rápida, quando os herdeiros estiverem de acordo com a partilha, não houver entre eles menores e quando o falecido não deixar testamento. É feito através de escritura pública, em cartório, com o prazo de no máximo 60 dias após o falecimento.

 

Por outro lado, o Inventário judicial, como próprio nome diz, é feito na supervisão de um juiz. Ocorre quando não há acordo entre os herdeiros na partilha, quando há herdeiros menores ou quando a pessoa falecida expressou a sua vontade através de um testamento.

 

A partilha destina-se a estabelecer o quanto caberá a cada herdeiro e é dispensada quando houver apenas um.

 

Fonte: Jus Brasil

 

Link: https://thiagowaiser.jusbrasil.com.br/artigos/493291825/inventario?ref=topic_feed

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload